quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Teste aqui seu perfil empreendedor

Verifique, através deste teste, se você tem tino empresarial. Seja sincero!



Clique no link abaixo do SEBRAE!

Teste aqui seu perfil empreendedor 

FONTE: www.sebrae.com.br 

Sucesso nos negócios: Aposta em franquias

Iniciar um empreendimento não é, necessariamente, o dever de todo empresário. Seja ele micro ou macro, é preciso ter uma noção de como está o mercado nos setores de seu interesse e estar engajado com um específico projeto. Franquia pode ser uma opção: requer estudo, pesquisa, uma boa aposta e o envolvimento e compromisso do investidor. Saiba os primeiros passos para essa alternativa para o empreendedor.

candidato. Antes do financeiro, é necessário refletir sobre dois pontos. O primeiro é se você tem perfil empreendedor. No site do Sebrae, há um teste que pode lhe dar esta indicação confira aqui (Negociado de IDÉIAS). O outro é avaliar se você tem as características necessárias para ser uma franqueada.

Nesse modelo, a interferência do franqueador é grande e sua autonomia será parcial — você terá que cumprir controles pré-definidos e a localização do negócio será estabelecida por ele. Além disso, deverá arcar com a taxa de franquia, entre outras exigências. Por outro lado, riscos são menores, pois o franqueador já desenvolveu o produto, estudou o mercado e faz investimentos para se manter competitivo. Também há orientação e treinamento do franqueador.

Em relação aos custos, além das franquias tradicionais, há a opção das microfranquias, que têm investimento máximo de R$ 50 mil. Mas o retorno do investimento e a lucratividade dependerão da atividade escolhida e do desempenho do franqueado. É importante verificar antecipadamente em quanto tempo consegue retorno do investimento e se corresponde às suas expectativas. No site da ABF (www.abf.com.br), é possível buscar franquias por investimento ou segmento. Tenha em mente que é importante ter afinidade com o setor em que vai atuar.

Ao escolher a franquia, tome cuidados. Observe o tempo de existência da franqueadora, se há problemas jurídicos, a reputação no mercado. Vale conversar com franqueados da rede e buscar referências da franquia. Além disso, estude o contrato.

Modelo de luxo do Galaxy S2 será lançado na IFA 2012


Modelo de luxo do Galaxy S2 será lançado na IFA 2012

 
Crystal Edition do Samsung Galaxy S2 (Foto: Reprodução) 
O Galaxy S2 ainda está vivo e recebendo novidades. Dessa vez a Samsung preparou uma nova versão do famoso smartphone, programada para sair em outubro. Trata-se de uma edição limitada chamada de Crystal Edition. Como seu nome sugere, ele virá com uma tampa traseira em couro branco cravejada com 129 cristais Swarovski.

Crystal Edition do Galaxy S2 (Foto: Reprodução)

Esta luxuosa edição do aparelho será comercializada ao preço de US$ 750 (cerca de R$ 1.500), equivalente ao preço do iPhone 4S de 32GB desbloqueado. A nova versão do smartphone será mostrada ao mundo na feira de tecnologia IFA 2012, que começa nesta quarta-feira (29), em Berlim.

Suas especificações não serão diferentes da original. O Galaxy S II Crystal Edition terá o mesmo processador dual-core 1,2 GHz, 1 GB de memória RAM, tela de 4,3 polegadas e câmera de 8 megapixels.
Apesar do lançamento do produto já ser dado como certo, não foram divulgadas informações sobre uma possível distribuição pelo mundo. Por enquanto, apenas os alemães terão o privilégio de comprar este modelo.

FONTE: www.techtudo.com.br

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Jeca Espetinho - uma experiência empreendedora.

 
Jeca Espetinho - uma experiência empreendedora.
Jeca iniciou a venda de espetinhos em meados de 2001. Na época, desempregado, o futuro empreendedor seguiu a sugestão do irmão, dono de um supermercado na Vila A de Foz do Iguaçu, de vender espetinhos em frente ao local, onde havia um elevado fluxos de pessoas e muitas se reuniam para conversar e beber.



Os dias foram passando e logo o espaço em frente ao mercado já não comportava tamanha clientela decorrente do sucesso dos espetinhos. As quatro mesas disponíveis foram poucas, pois a venda de espetinhos passou a ser de 21 unidades na primeira noite para 100 após quatro meses.




Prevendo o crescimento de um grande empreendimento, o Jeca fez nascer a primeira empresa do grupo "Jeca Espetinho", o que gerou 25 empregos inicialmente. A fama dos saborosos espetinhos ganhou toda a cidade e passou a vender em média 1.000 unidades por noite em meados de 2004. 

O crescimento e o desenvolvimento do grupo se tornou uma atividade promissora, que sempre buscou a qualidade e a satisfação de seus clientes, tornando o nome "Jeca Espetinho", uma referência no empreendedorismo. Hoje o grupo está consolidado no ramo alimentício, possui três estabelecimentos e uma fábrica que fornece espetinhos já montados para o preparo. 

Em 2008 o número de emp0regos gerados passou para 50 e atualmente e atualmente 102 colaboradores fazem parte do grupo Jeca Espetinho. Na fábrica, onde são produzidos 6.000 espetos por dia, são 23 colaboradores e o projeto de uma nova fábrica pretende produzir 15.000 espetos por dia e gerar mais 35 empregos. 

Atualmente o Jeca Espetinho apresenta um fluxo mensal de 12 mil pessoas na loja da Vila A, a primeira a ser aberta; 10 mil pessoas na loja da República Argentina e 8 mil na loja do município de Santa Terezinha de Itaipu. 

O negócio que iniciou vendendo 21 espetos por noite, agora serve um total de 6.000 espetos nas 3 lojas e os clientes são confortavelmente acomodados em um espaço amplo e climatizado, com 1.200 lugares. Com esse espírito empreendedor, o Jeca Espetinho não pára de inovar e pretende não só concluir o projeto das novas fábrica, como também abrir em breve mais 3 lojas. 

Outra idéia do empreendedor é desenvolver a adesão de carrinhos para vender espetinhos em eventos. Além da responsabilidade socioeconômica que o grupo Jeca Espetinho desenvolve gerando empregos, sua preocupação com a satisfação do cliente e com o atendimento, é fator primordial para o seu crescimento. 

Por isso, está sendo desenvolvido também, um plano de comunicação para o grupo, com o intuito de adentrar no mundo das novas mídias, informando, promovendo e comunicando através das redes sociais, para tornar a relação empresa e cliente cada vez mais próxima e duradoura. 

O Jeca Espetinho trabalha para tornar-se cada vez mais uma empresa sólida, moderna e inovadora, em constante processo de desenvolvimento, melhorando sempre a qualidade de seus produtos e buscando sempre a excelência no atendimento, para que você seja sempre bem servido pela família Jeca Espetinho


Empresários descobrem vantagens da web e lucram com vendas online

A aposta na internet precisou de menos investimento e atinge um público muito maior do que se ele abrisse uma loja na rua. Ele também não precisa pagar aluguel da loja e não precisa enfrentar trânsito para ir trabalhar.

Tem muita gente por aí descobrindo como ganhar dinheiro usando a internet. A rede mundial pode se transformar em vitrine para algo que você queira vender. Mesmo quem já tem uma loja física, por exemplo, consegue aumentar os lucros, postando fotos dos produtos na internet.

Quem tem mais de 30 anos vai se lembrar do gameboy. E quem passou dos 40, ouviu muita música gravada em fita K7. Pois, agora, eles protegem outro aparelho.

Na mesa de trabalho, o analista de sistemas Daniel Bordini abriu uma loja. Tudo dentro do computador. Ele importa da China as capas de celular e vende pelas redes sociais. Começou há duas semanas, já está cheio de encomendas e espera o dia em que a moda vai virar febre, e ele vai vender muito mais.

“Espero criar anúncio nas redes sociais para alavancar um pouco minha loja, porque a rede social tem milhões de pessoas e sempre tem alguém querendo um produto diferenciado”, comenta Daniel.

A aposta na internet precisou de menos investimento e atinge um público muito maior do que se ele abrisse uma loja de verdade, na rua.

É uma loja em que não se paga aluguel, que o dono não precisa enfrentar trânsito para ir trabalhar. Na verdade, nem precisa sair de casa em um dia chuvoso e frio e, principalmente, que tem um público que cresce e compra até no feriado. Muitos empresários já descobriram que esse tipo de loja é virtual sim, mas existe. Tanto que dá lucro.

E tem muita gente de olho nessa chance. Em dezembro, Rafael Barbolo abriu uma empresa que ajuda montar comércios eletrônicos. Tinha cinco clientes. Um mês depois, tinha 100. Hoje, são 2,5 mil clientes, e o valor total das vendas dobra toda semana.

Todo mundo está feliz, principalmente, porque ninguém paga nada para usar a plataforma que ele oferece para vender nas redes sociais. Mas que ninguém pense que ele não gosta de dinheiro.

“A gente gosta muito de dinheiro, mas a gente acredita que o poder da internet para crescer, quando você oferece uma solução gratuita, é muito grande. Então, a gente optou por fazer totalmente gratuito agora e pensar em ganhar dinheiro um pouco mais para frente”, aponta o empresário de e-commerce.

Viviane Rosa e Valéria Drummond usam fabricam sapatos e acessórios artesanais e exclusivos. Todas as peças têm foto na página da internet, que já recebeu 1,2 mil visitas em um único dia. “Para a gente, de certa forma, é gratuito. Então, eu não tenho gasto com isso. É um marketing que se faz por si só”, declara Viviane.
Elas são estreantes no comércio eletrônico. Quase todas as vendas ainda acontecem na loja do shopping, mas quatro meses de loja na internet já fizeram diferença. “A gente percebe que essa venda gerada pela internet cresce e com a uma velocidade muito grande”, destaca Valéria.

Dá para fazer muitos negócios mesmo. Uma pesquisa mostra que atualmente quase 80 milhões de brasileiros têm acesso à internet.

FONTE:g1.globo.com 

 


As lições dos empreendedores de Avenida Brasil

O Divino, bairro de subúrbio fictício criado pelo autor João Emanuel Carneiro para a novela Avenida Brasil, mostra situações comuns no empreendedorismo. É lá que Diógenes toca a loja de roupas femininas que tem o bonitão Darkson como garoto propaganda. É lá também onde a “rainha da chapinha” Monalisa administra a sede da sua rede de salões de beleza, famoso pela fórmula de alisamento de cabelos criada pela carioca. No bairro, o malandro Silas também é dono de um boteco que fatura com a venda de cerveja enquanto as fofocas rolam soltas.

A zona sul do Rio de Janeiro também é retratada pelo empresário Carlos Eduardo, o Cadinho. Bem-sucedido, ele acaba se dando mal depois que sua vida vira um inferno ao assumir o casamento paralelo com três mulheres – Verônica, Noêmia e Alexia.

Confira algumas cenas da novela que revelaram estratégias divertidas e momentos decisivos nos negócios da novela:

Suelen assume a loja do Diógenes
 
A periguete Suelen começa a se incomodar ao ver o sogro Diógenes e o marido Roni deixarem a loja “Elegância” de lado e decide assumir o comando do empreendimento, mostrando-se uma ótima comerciante. A moça, interpretada por Isis Valverde, coloca o garoto propaganda Darkson vestido como mulher para anunciar os produtos e ainda oferece prêmios às vendedoras mais eficientes. Tudo isso atrai clientes, e as vendas sobem. Questionada pelo sogro, Suelen responde: “Eu sou o gênio do varejo, Diógenes! Dá licença que eu vou cuidar da nossa loja”.

Monalisa encerra a sociedade com Ivana
 
Monalisa Barbosa nasceu na Paraíba e deixou sua terra para tentar a sorte no Rio de Janeiro sem um centavo no bolso. Logo que chegou à cidade maravilhosa, arrumou um emprego de manicure. Obstinada, inventou uma fórmula de alisamento – guardada a sete chaves – que fez dela a cabeleireira mais procurada pelas mulheres do subúrbio carioca. Ganhou até o título de “Rainha da Chapinha”, como é conhecida até hoje.

A rede cresceu baseada na fórmula de sucesso e se espalhou por todo o Rio de Janeiro – hoje, a Monalisa Coiffer tem 18 unidades.
 
A cabeleireira mantinha uma sociedade com o ex-jogador de futebol Tufão e sua irmã Ivana. Mas, em um golpe de determinação, ela resolve acabar com a parceria – a atitude também é motivada por pressão da vilã Carminha, mulher do craque.

Furiosa, Monalisa decide comprar a parte do ex-jogador por R$ 15 milhões. Ivana fica triste com o fim da sociedade, mas Tufão planeja outros investimentos para a família e avisa que vai investir em um shopping: “Nós vamos ter nossos negócios, Ivana. Vamos investir na construção do primeiro shopping center do Divino”, planeja.

Cadinho assina contrato sem ler
 
Enquanto corre na praia com uma das suas três esposas, Cadinho é surpreendido pelo seu braço direito na empresa, Jimmy. “Eu preciso pelo menos da sua assinatura no contrato do estaleiro, só está faltando isso para a gente fechar a compra”, avisa Jimmy.

O empresário faz uma pausa na corrida e assina o contrato sem ler. “Cadinho, você não devia assinar nada sem ler antes, nunca te disseram isso, não? (...) Agora você tem três famílias para sustentar e não pode ser tão irresponsável, não”, critica a esposa.

Na trama, os negócios bem-sucedidos do empresário acabam indo para o ralo por conta do passo mal dado. Pobre, ele deixa a zona sul e vai morar com as três mulheres no Divino.

Fonte: Pequenas Empresas Grandes Negócios

5 informações úteis não divulgadas


1. Certidões: quem quiser tirar uma cópia da certidão de nascimento, ou de casamento, não precisa mais ir até um cartório, pegar senha e esperar um tempão na fila.
O cartório eletrônico, já está no ar! www.cartorio24horas.com.br
Nele você resolve essas (e outras) burocracias, 24 horas por dia, on-line. Cópias de certidões de óbitos, imóveis, e protestos também podem ser solicitados pela internet.
Para pagar é preciso imprimir um boleto bancário. Depois, o documento chega por Sedex.
Passe para todo mundo, que este é um serviço da maior importância.
2. Auxílio a Lista: Telefone 102… não!
Agora é: 08002800102
Vejam só como não somos avisados das coisas que realmente são importantes……
NA CONSULTA AO 102, PAGAMOS R$ 1,20 PELO SERVIÇO.
SÓ QUE A TELEFÔNICA NÃO AVISA QUE EXISTE UM SERVIÇO VERDADEIRAMENTE GRATUITO.
Não custa divulgar para mais gente ficar sabendo.
3. Lenda: Não existe tratameto eficaz para queda de cabelo.
Tudo mentira, já existem produtos naturais que tratam seu couro cabeludo, em muitos casos eliminando a queda de cabelo para sempre.
Aqui está!  - http://www.fimdaquedadecabelo.net
4. Multa de Trânsito: essa você não sabia.
No caso de multa por infração leve ou média, se você não foi multado pelo mesmo motivo nos últimos 12 meses, não precisa pagar multa. É só ir ao DETRAN e pedir o formulário para converter a infração em advertência com base no Art. 267 do CTB. Levar Xerox da carteira de motorista e a notificação da multa.. Em 30 dias você recebe pelo correio a advertência por escrito. Perde os pontos, mas não paga nada.
Código de Trânsito Brasileiro
Art. 267 – Poderá ser imposta a penalidade de advertência por escrito à infração de natureza leve ou média, passível de ser punida com multa, não sendo reincidente o infrator, na mesma infração, nos últimos doze meses, quando a autoridade, considerando o prontuário do infrator, entender esta providência como mais educativa.
5. Importantíssimo: Documentos roubados – BO (boletim de occorrência) dá gratuidade – Lei 3.051/98 – VOCÊ SABIA???
Acho que grande parte da população não sabe, é que a Lei 3.051/98 que nos dá o direito de em caso de roubo ou furto (mediante a apresentação do Boletim de Ocorrência), gratuidade na emissão da 2ª via de tais documentos como:
Habilitação (R$ 42,97);
Identidade (R$ 32,65);
Licenciamento Anual de Veículo (R$ 34,11)..
Para conseguir a gratuidade, basta levar uma cópia (não precisa ser autenticada) do Boletim de Ocorrência e o original ao Detran p/ Habilitação e Licenciamento e outra cópia à um posto do IFP..